06/06/2017 às 14h43min - Atualizada em 06/06/2017 às 14h43min

Greve dos vigilantes continua após rodada de negociação

Finalizada a mediação hj no MPT entre os Sindicatos Patronal e Laboral. Houveram avanços nas negociações mas o assunto ainda não ficou esgotado entre as partes, nova reunião para dar continuidade a mediação foi remarcada para amanhã as 14hs no MPT, com a informação que será a última reunião de mediação, e caso não se finalize o entendimento, será levado à dissídio.

Mais uma mesa de negociação entre vigilantes e empresários termina sem acordo nesta terça-feira, 6, e a categoria continua em greve. Durante encontro mediado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), o patronato ofereceu 3,63% de reajuste retroativo a fevereiro ou 5% a partir de junho.

A proposta foi rejeitada pelos trabalhadores em assembleia realizada após a negociação. Eles, que antes pediam 7% de aumento, agora reduziram a proposta para 6,44%. Como não houve acordo, os vigilantes saíram em protesto do Corredor da Vitória, onde fica a sede do MPT, até a rua da Independência, em Nazaré, onde fica a sede da categoria.

Uma nova mesa de negociação está marcada para esta quarta, 7, às 14 horas, no MPT. A greve dos vigilantes afeta diversos serviços na Bahia, como atendimento bancário e nas agências do INSS. 

A categoria está com as atividades paradas em todo o estado da Bahia desde o dia 24 de maio.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp