23/01/2018 às 12h48min - Atualizada em 23/01/2018 às 12h48min

Conheça a história do lutador de Jiu-Jitsu Joaquim Carolino da cidade de Piritiba, Ba.

Por: Caçuá Notícias
Atleta de MMA Profissional Joaquim Carolino dos Santos

Joaquim Carolino dos Santos Almeida, natural de Juazeiro na Bahia, atualmente reside na cidade de Piritiba, cursando Educação Física pela Faculdade UNOPAR polo Miguel Calmon Ba , Atleta de MMA Profissional na qual representa a Academia Fight House de Feira de Santana Ba liderada Pelo Faixa Preta de Jiu-Jitsu Velame , Faixa Azul de Jiu-Jitsu e Faixa marrom de Karatê.

Caçuá Notícias: Quem é Joaquim Júnior? Como surgiu o interesse pelo Jiu-Jitsu e quem mais o incentivou na prática desse esporte?

Atleta Joaquim: É um cara do bem, extrovertido, brincalhão, carinhoso, determinado, corajoso, um Jovem sonhador como a maioria dos garotos brasileiros que sonha ser um Jogador de Futebol, mas que tomou gosto desde pequeno na pratica das artes marciais onde começou no karatê e depois de jovem tomou outro gosto em relação a outros tipos de lutas. Depois dos meus 16 anos quando naquela época o UFC não tinha muita repercussão pela mídia no Brasil e no Mundo, eu acompanhava no YouTube os videos dos grandes lutadores brasileiros que sou Fã como Minotauro , Vitor Belfort , Valide,  Marcos Ruas Shogun, Lyoto Machida e o incentivo maior veio por um lutador brasileiro que naquela época que Reinava no MMA no Brasil e no Mundo , pois finalizava caras maiores que ele numa facilidade imensa o Royce Graice e foi ai onde me despertou maior o gosto de aprender a arte chamada Jiu-Jitsu.

Caçuá Notícias- O que são aquelas pontas pretas nas faixas?

Atleta Joaquim: São o espaço para se colocar os graus que algumas academias dar aos seus alunos em forma de reconhecimento pelo seu avanço temporal no Jiu-Jitsu, que são 4 graus e cada um é dado de 6 em 6 meses. 

Caçuá Notícias: Nossa cara! Vi umas técnicas muito legais no YouTube /DVD/Livro, posso confiar neles?

Atleta Joaquim: Sim , hoje em dia com a tecnologia avançando , tem muitos faixas Pretas usando as redes sociais para está passando informações, posições, e defesas pessoais que se encontra na arte, agora como também existe o lado ruim para cada situação é bom sempre pesquisar as informações certas, pois tem muito picareta usando a arte para se auto promover e passar as informações erradas para as pessoas que são leigas nesse quesito, por isso antes é sempre bom estudar sobre a arte quais as Equipes existem no Brasil para esta tendo a noção correta de cada pesquisa seja por livro, DVD ou até mesmo no Youtube. 

Caçuá Notícias- O Jiu-Jitsu é uma arte marcial muito utilizada no MMA. Na luta entre você e o  Gilvan Dinossauro,  que fez você  vencedor, que golpe foi esse que você  usou?

Atleta Joaquim: Sim, o Jiu-Jitsu é a base mãe para o MMA. Bom a luta aconteceu na cidade de Capim Grosso Ba. , onde foi minha 4 luta Profissional onde conseguir um katagatame que é um golpe de Jiu-Jitsu onde a pessoa qual está por cima coloca a cabeça entre o ombro do adversário e prende o seu braço juntamente com sua cervical e com as duas mãos pressiona uma com a outra fazendo com que a pressão do golpe atinge a cervical assim prendendo o oxigênio que chega até o cérebro fazendo com que seu adversário seja obrigado a bater para não dormir e foi assim que ganhei minha quarta luta profissional.

Caçuá Notícias: Que mensagem gostaria de deixar para os nossos internautas!

Atleta Joaquim: Valorizem a prática da atividade física na sua vida e seja ela qual for, o importante e cada um é se sentir bem em qual seja, na luta, numa corrida, ou até mesmo na dança ou funcional. Mas tem que tornar a mesma uma rotina de vida no qual trará muitos benefícios para sua vida em todos os aspectos.

 "Não use o Jiu-Jitsu como arma, mas como um esporte que ofereça uma filosofia de vida”

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp