23/01/2018 às 12h50min - Atualizada em 23/01/2018 às 12h50min

Comunidade Quilombola de Coqueiros na cidade de Mirangaba/Ba.

Por: Caçuá Notícias.
Fonte: Farnesio Braz
Manifestação Cultural como: Samba de Roda Foto: Eugênio Júnior

Uma comunidade como outra qualquer, contudo ela tem um fator diferencial, a comunidade é constituída por famílias negras, que tem uma história de ancestralidade africana, ligada a escravidão. A comunidade Quilombola de Coqueiros está localizada a 7 km da sede municipal de Mirangaba, pertence à microrregião de Jacobina. E distante 317 km da capital baiana – Salvador.

Cabe ressaltar que o ponto marcante da comunidade, inclusive na atualidade, é a Festa dos Santos Reis, comemorada no dia seis de janeiro, muitas pessoas da região vão prestigiar o evento, que segundo os moradores a cada ano vem ganhando destaque nas comemorações culturais do município de Mirangaba. Contudo, a comunidade também pratica outras manifestações culturais como: o reisado e o samba de roda, em que este último é a manifestação mais representativa da tradição do povoado, ele é dançado por pessoas de todas as idades. Michel de Certeau enfatiza que “Toda pesquisa historiográfica se articula com um lugar de produção socioeconômica, política e cultural”. Complementar e discutir o pensamento de Certeau. Nessa perspectiva, a partir dos estudos historiográficos sobre os quilombos e o desencadeamento do processo de organização das comunidades negras que contribuíram para aprovação do artigo 68 da Constituição de 1988, que determinava o reconhecimento de terras ocupadas por remanescentes de quilombos.

 Com base nesta lei, a associação da comunidade recebeu do governo federal em 2006, o título de auto-reconhecimento de Comunidade Quilombola, o que abriu perspectivas para o acesso à politicas públicas diferenciadas.

As organizações sociais, o modelo de produção, a agricultura familiar, a cultura, a religiosidade, a culinária e o modo de vida dos moradores trazem marcas da herança africana, fazendo da comunidade de Coqueiro um lugar perfeito para conhecer melhor a nossa história a partir da participação dos povos africanos e da formação dos quilombos como espaço de refúgio e organização da população negra.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp