12/12/2016 às 15h18min - Atualizada em 12/12/2016 às 15h18min

Ordenação Diaconal de Luan Saldanha, “prisioneiro do belo amor”.

Discurso no dia de sua ordenação (08.12.16 - Dia da Imaculada Conceição de Maria).

Paulo Henrique
Na última quarta-feira (8), foi ordenado para o exercício do primeiro grau do Sacramento da Ordem, o serrolandense Luan Cordeiro Saldanha. A cerimônia que aconteceu na Catedral Diocesana, em Senhor do Bonfim, teve inicio com a entrada do ordenante e logo depois, do Bispo Diocesano, que com vestes corais aspergiu a assembleia reunida. 
A Comunidade de Serrolândia era numerosa na ocasião. Todos acompanharam com entusiasmo os solenes ritos que se desenvolviam com sobriedade e admirável dignidade litúrgica. 
Enquanto o candidato estava prostrado sobre o chão, a assembleia entoou a “Ladainha de todos os santos”, um dos momentos mais significativos, seguido da prece consecratória e da imposição das mãos do Bispo, que comunicou a graça do Sacramento por meio desse gesto milenar. Logo depois, o novo Diácono foi revestido com a estola e com dalmática, que fora entregue pelos seus pais a dois Sacerdotes, enquanto o coro cantava “não dá mais pra voltar”. 
Um dos momentos mais comoventes foi, certamente, o discurso do novo Diácono, que depois de purificar pela primeira vez os vasos sagrados, manifestou a sua gratidão a Deus, à Virgem Maria, à sua família, amigos e conterrâneos. Entre lágrimas de alegria, o Diácono Luan cantou a seguinte letra: “E agora sem forças, eu sou prisioneiro do mais belo amor, do doce Jesus, do meu bem da Cruz!” – conforme o vídeo abaixo, registrado pela equipe de Comunicação da Missão Galileia. 
Após a celebração todos foram convidados para a recepção no Centro Diocesano de Pastoral Nossa Senhora de Lourdes, quando mais uma vez, comemorou-se com esmero a alegria da vocação e dos dons de Deus na vida do Diácono Luan. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp