25/03/2019 às 18h28min - Atualizada em 25/03/2019 às 18h28min

Mulher tenta parar briga de cachorro em Serrolândia e acaba sendo atacada

Imagem meramente ilustrativa


No último domingo, 24 de março de 2019, uma mulher, residente no Bairro Contornolândia em Serrolândia, após ver dois cachorros brigando em sua residência, tentou com as próprias mãos separá-los. Após a tentantiva sem sucesso, a mulher acabou sofrendo uma mordida em uma das mãos, vindo a ter fratura exposta. A mesmo foi encaminhada ao Hospital Municipal Jonas Ferreira da Silva, e após passar pelos primeiros atendimentos, encaminhada para o Hospital Geral do Estado em Salvador.

Segundo informações, a mesma permanece internada para realização de procedimento. A equipe do hospital informou a equipe da vigilância epidemiológica, para que pudesse colocar o animal em observação. afim de ver se o animal não manifesta nenhum tipo de doença.

Perigos para a saúde

Antigamente a principal preocupação de quem havia sido mordido por um cachorro era se contaminar com raiva. Como a doença está praticamente erradicada, atualmente não se fala tanto dela, mas é preciso ficar atento já que não há um tratamento eficaz e a taxa de mortalidade beira os 100%. Verificar se a pessoa moridida e o cachorro que mordeu possuem vacina de raiva é uma atitude muito importante. 

Leishmaniose, sarna e leptosprose são zoonoses que também podem ser transmitidas pela mordida. Consideradas doenças pirigosas possuem casos de fatalidade.

Fonte: Canal do Pet - iG @ https://canaldopet.ig.com.br/cuidados/saude/2016-12-22/mordida-cachorro.html

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp