08/07/2019 às 14h49min - Atualizada em 08/07/2019 às 14h49min

Serrolândia é destaque no Jornal da Manhã como 3ª cidade com mais casos de dengue na Bahia



A cidade de Serrolândia, no interior da Bahia, virou destaque em vários site nos últimos meses, e hoje no Jornal da Manhã, desta segunda-feira 08 de julho, após notificação de 425 casos de dengue, ficando como umas das cidades mais afetadas com casos de dengue no primeiro semestre de 2019 na Bahia, atrás apenas de Correntina e Coração de Maria.

A Bahia registrou aumento de 535,3% nos casos de dengue no primeiro semestre deste ano. Foram 40.881 casos prováveis [já excluídos os descartados] entre 30 de dezembro do ano passado e 18 de junho deste ano, segundo informou ao Bahia Notícias nesta quinta-feira (4) a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). No mesmo período de 2018 foram notificados 6.434 casos prováveis. Neste ano, a pasta identificou notificações de casos de dengue em 345 municípios.

As cinco cidades com mais notificação para casos de dengue foram: Correntina, no oeste, com 1.015, seguida de Coração de Maria, no Portal do Sertão, com 830, Serrolândia, no Piemonte da Diamantina, 425, Caturama, no sudoeste, 239, e Caem, no Piemonte da Diamantina, 235.

Em relação a mortes causadas pela doença, Feira de Santana registrou o maior número: 8 óbitos. Depois de Feira, vem Salvador com 3, e Paulo Afonso, com 2. Registraram um óbito causado pela enfermidade as cidades de Candeias, Rafael Jambeiro, Saubara, Jacobina, Paripiranga, Presidente Dutra e Santo Antônio de Jesus. Seis mortes com suspeita de serem causadas por dengue seguem em investigação. 
 
CHIKUNGUNYA
No caso de chikungunya, o estado registrou 1.523 casos entre 30/12/2018 e 18/06/2019. No mesmo período de 2018, foram notificados 2.888 casos prováveis, o que representa uma redução de 47,2%. No total, 146 municípios realizaram notificação para chikungunya neste ano. Em relação a mortes, foram 3 óbitos, sendo 2 em Feira de Santana (confirmados por critério laboratorial) e 1 em Candeias (confirmado por critério clínico epidemiológico).

ZIKA

Um total de 781 casos prováveis de zika foi notificado no período de 30/12/2018 a 18/06/2019. No mesmo período de 2018, houve notificação de 927 casos prováveis, o que representa uma queda de 12,2%. No total, 119 municípios realizaram notificação para a doença. Até o momento não há registro de óbito causado pela enfermidade.



Curta a página do Site Portal Serrolândia e mantenha-se atualizado diariamente, clique e participe.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp