09/07/2019 às 11h38min - Atualizada em 09/07/2019 às 11h38min

Jovens produtores de chocolate querem impulsionar o cacau produzido na Bahia

Leilane Benevides integra o grupo que aposta no cacau produzido aqui

Fonte: Diário da Bahia


Uma matéria do Ministério da Agricultura dá detalhes do recomeço e renovação do chocolate no sul da Bahia. Tudo sob o comando de jovens produtores que hoje se destacam neste mercado promissor.

Impulsionados pela equipe de pesquisadores e extensionistas da Ceplac, os produtores da nova geração, como Leilane Benevides (foto), vislumbram um momento de expansão e de reforço de uma nova identidade para essa região.

Foto: Arquivo Pessoal

Contadora de formação, bancária de profissão e confeiteira por paixão. É assim que Leilane se define depois de ingressar no mundo de produtores de chocolate de origem e de pequena escala.

Ela trabalha em um banco regional há 13 anos, justamente na área de crédito rural, onde conviveu com muitos produtores endividados por causa do problema causado pela praga da vassoura-de-bruxa.

 

Vendo de perto a aflição dos cacauicultores, Leilane Benevides começou a incentivá-los a diversificar a produção para agregar valor ao produto final. No começo, encontrou muito ceticismo em relação à fermentação de amêndoas de qualidade. Com o tempo, ela própria enveredou pelo caminho da produção de chocolate fino.

“Eu já sabia que havia uma grande demanda fora do país por chocolate de qualidade. Fui fazer uma pós- graduação voltada para cacau e chocolate para captar clientes. Meu interesse não era fazer o chocolate em si, mas no momento em que a gente compra uma maquininha Melanger e começa a brincar com ela, aí é um caminho sem volta”, brinca.

A formalização da sua marca ocorreu no ano passado. Leilane montou uma fábrica artesanal e tem como principais fornecedores de amêndoas de qualidade os produtores que um dia ela incentivou.

“A gente percebe que, mesmo no nosso mundinho, consegue ser um incentivador para que outros proprietários e outros fazendeiros melhorem a sua receita. Um deles me falou: “por sua causa estou investindo para produzir mel de cacau”. E isso é só o começo. Daqui pra frente vamos ver essa região bem conhecida como do cacau e do chocolate”, declarou. Matéria completa no site do Ministério da Agricultura. Clique AQUI.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp