09/11/2016 às 00h00min - Atualizada em 09/11/2016 às 00h00min

Cerca de 300 jumentos são apreendidos, pele seria vendida à China

Cerca de 300 jumentos foram apreendidos em Juazeiro nesta segunda-feira (7), em uma ação conjunta entre a Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adab) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema). Representantes das instituições chegaram ao local através de uma denúncia que na propriedade acontecia tráfico de animais. Os órgãos de fiscalização acreditam que os animais seriam abatidos na região, e a pela seria vendida para a China. Os animais estavam em uma fazendo na BA-210, a sete KM de Juazeiro, sem a documentação de origem, conforme prevê a Adab. Os jumentos chegaram ao local de forma ilegal e isso é passível de multa, o proprietário foi autuado e tem o prazo de 15 dias para responder a atuação. De acordo com o blog do Geraldo José, o dono da propriedade rural alega que um projeto social seria desenvolvido com o leite dos animais. A multa aplicada ao dono imóvel será de R$ 13 mil reais. Na semana passada fato semelhante aconteceu em outra cidade do interior do estado, três carretas com mais de 154 jumentos foram apreendidas em Casa Nova, na BR-235. Os animais apreendidos na ocasião seriam abatidos em Minas Gerais, e sua pele vendida a China, os três motoristas envolvidos foram multados em mais de R$ 8 mil.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp