21/01/2017 às 11h30min - Atualizada em 21/01/2017 às 11h30min

EX - PROPRIETÁRIO DA FAP - FACULDADE PIEMONTE REASSUME NOVAMENTE

Prof. Geziel Moreira Jordão - Prof. Geziel Moreira Jordão
Portal Serrolândia


 

No último dia 20 (sexta-feira) às 19:00h no Salão Nobre da Câmara Municipal Vereadores de Serrolandia/Ba, aconteceu uma grande reunião com a Comunidade Acadêmica (professores, alunos e funcionários) da FAP –Faculdade Piemonte com sede nesta cidade de Serrolandia. A FAP – Faculdade Piemonte que anteriormente tinha a nomenclatura de FESPC – Faculdade de Educação Superior do Piemonte da Chapada, mantida pela FUNCEGEMM – Fundação Cultural e Educacional Geronimo Moreira Mota, ambas instituída e fundada pelo Prof. Geziel Moreira Jordão que inclusive na época em 2002 colocou o nome do seu tio avô Geronimo Moreira Mota então fundador da cidade de Serrolandia em homenagem. Embora a FESPC (anterior) tenha formado centenas de pedagogos e administradores, depois de emitir Todos os Diplomas dos egressos, o professor Geziel Moreira Jordão resolver vender as cotas da referida Faculdade para um empresário do ramo de educação superior, fazendo um documento de cessão de uso de todas as instalações prédio  para ser usado pela FAP. Na aquisição da FAP em 2013 o novo empreendedor, se responsabilizou pelo passivo, ficando na responsabilidade de liquidar os parcelamentos de FGTS, INSS, Causas Trabalhistas e todos os credores. Entretanto, o novo proprietário não liquidou nenhum dos débitos dos passivo, não efetuou pagamento de das parcelas referente a compra das cotas, além de entregar a gestão da FAP – Faculdade Piemonte a uma equipe não qualificada para administrar. Conforme extrato no Portal do FNDE (recursos oriundo do FIES – Fundo de Financiamento Estudantil do Governo Federal) O novo administrador se apoderou de mais de R$2,5 milhões de reais nesse período (fora as mensalidade dos programas de bolsa de estudo da própria IES) e mesmo fazendo parte do Conselho de Administração da FUNCEGEMM – Fundação Cultural e Educacional Geronimo Moreira Mota, na função de Presidente do Conselho nunca convocou reunião (que conforme Estatuto Social da Fundação deve acontecer trimestralmente) para prestação de contas ou encaminhou prestação de contas a Diretoria Executiva da Fundação, tão pouco ao Conselho Fiscal. Vale salientar que toda Fundação de Direito Privado deve encaminhar anualmente as prestações de contas ao Ministério Público para apreciação, o que não aconteceu. Em fevereiro de 2016 teve seu mandato como presidente do Conselho expirado, e não cumpriu as exigências Estatutárias de convocar os membros do Conselho para nova eleição. Afirmou o Diretor atual Prof. Geziel Moreira Jordão. Ainda conforme depoimento dos professores presentes na reunião desde janeiro/2016 não recebem salários, daí o motivo de entrarem em greve em junho/2016. Os alunos indignados com a real situação com a Faculdade Fechada desde junho/2016, e sem explicação da administração acadêmica/administrativa preocupados com a situação, não tendo alternativa, aparece ai nesse cenário o Prof. Geziel Moreira Jordão Fundador da Faculdade Piemonte e Instituidor nato da Fundação Cultural e Educacional Geronimo Moreira Mota, que é o responsável legal perante o Ministério da Educação conforme site do MEC: www.emec.gov.br

Para retomar as atividades da FAP – Faculdade Piemonte pagar todos os professores que inclusive existem vários que não recebem seus proventos de 2015 e iniciar o calendário acadêmico de 2017.1

O atual Diretor presidente Prof. Geziel Moreira Jordão, comunicou a Comunidade Acadêmica que o Jurídico da Fundação irá procurar os ex-administradores para negociar e fazer a devolução do percentual que foi pago pelas cotas da FAP – Faculdade Piemonte. A reunião foi encerrada com total sucesso, agradecendo o apoio  guarnição da PETRO da Polícia Militar que se fez presente durante toda reunião. 

Prof. Geziel Moreira Jordão
Diretor Geral da FAP

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp