06/06/2020 às 08h22min - Atualizada em 06/06/2020 às 08h22min

Rússia certifica remédio ainda em testes contra a Covid-19; veja o que se sabe sobre o antiviral

Medicamento Avifavir, versão modificada de um antiviral experimental, deve chegar a hospitais russos na semana que vem. Substância original, que pode causar má formação em embriões, foi testada na China ainda está sendo testada no Japão, e não é comercializada para nenhuma outra doença.

Por Lara Pinheiro, G1


 

Rússia anunciou, na quarta-feira (3), que certificou o antiviral Avifavir para o tratamento da Covid-19. O medicamento ainda está em fase de testes e é uma versão modificada do antiviral experimental favipiravir, de origem japonesa.

Segundo o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, na sigla em inglês), que anunciou a certificação do Avifavir em uma nota à imprensa, o remédio mostrou "alta eficácia" em ensaios clínicos feitos com 330 pacientes em 35 centros médicos. Os testes começaram em 21 de maio e ainda estão em andamento.

A empresa não divulgou nenhum artigo científico com os resultados da pesquisa nem detalhou quais foram as modificações feitas no medicamento japonês.

Ao G1, o fundo informou que os dados foram submetidos a uma publicação científica e serão divulgados "em breve". As primeiras remessas do Avifavir chegarão aos hospitais russos a partir do dia 11. Ao longo do mês, eles devem receber 60 mil doses, de acordo com o RDIF.

CONTINUE LENDO...

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp