08/12/2020 às 20h19min - Atualizada em 08/12/2020 às 20h19min

SALVADOR ESTÁ PREPARADA PARA INICIAR VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 NO MUNICÍPIO

Fonte: Politicos do Sul da Bahia


 

Prefeitura se antecipou e já dispõe de quatro ultrafreezers de -86°C para armazenamento e distribuição dos imunobiológicos que necessitam de acondicionamento em baixíssima temperatura.

A Prefeitura de Salvador já conta com toda estratégia e a estrutura necessária para iniciar a vacinação contra Covid-19 na capital. Para viabilizar de forma mais ágil a proteção dos soteropolitanos de maneira escalonada, técnicos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) elaboraram um Plano Municipal de Imunização que define as etapas da mobilização, público eletivo prioritário e fluxo de acesso às doses através da rede SUS no município.

“Estamos com toda estratégia desenhada e preparados para iniciar a imunização assim que o Governo Federal, por meio da Anvisa, credenciar as doses no país. Já mantemos tratativas com alguns laboratórios produtores da vacina Covid-19 que apresentaram eficácia satisfatória na proteção contra o vírus para aquisição dos imunobiológicos assim que houver a liberação no Brasil”, destacou Leo Prates, titular da pasta municipal.

Para o armazenamento e distribuição das doses, a SMS já dispõe de quatro ultrafreezers de -86°C para o acondicionamento corretos das vacinas que precisam ser conservadas em baixíssima temperatura. Além disso, a pasta vai lançar um registro de compra para a aquisição de outros quatro ultrafreezers, como medida para acelerar a vacinação.

Com a estrutura atual, a rede de saúde de Salvador tem capacidade de armazenar até 160 mil doses em temperatura abaixo de -75°C de uma só vez. Para as vacinas contra Covid-19 dos laboratórios que não demandam armazenamento em baixa temperatura, a rede municipal já dispõe de infraestrutura através de câmaras e freezers científicos para acondicionamento e distribuição para a estratégia de imunização.

“Garantir a imunização da população de Salvador é uma prioridade do prefeito ACM Neto e do prefeito eleito Bruno Reis. Já recebi carta branca para, caso seja necessário, aplicar recursos próprios dos cofres municipais para acelerar o processo de imunização na cidade. Quando a vacina chegar, no dia seguinte estaremos prontos para começar a vacinar as pessoas”, enfatizou Prates.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp