25/02/2017 às 19h14min - Atualizada em 25/02/2017 às 19h14min

Salvador: Carnaval já provocou 35 cirurgias de face em foliões e 374 atendimentos médicos



Outras 14 unidades municipais fixas de Pronto-Atendimento e uma Emergência Odontológica, no Dique do Tororó, funcionam como apoio, também com assistência 24h durante a festa.

A estrutura conta com um quadro de recursos humanos que contempla mais de 10 categorias profissionais como médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, higienizadores, administrativos, gestores de informação, assistência social, auxiliares de enfermagem, recepcionistas, motoristas e cirurgiões. No total, são 5,3 mil plantões durante os dias de folia com mais de 1,4 mil profissionais envolvidos, sendo 170 médicos.

Segurança

A violência acontece apesar de todos os acessos aos circuitos do Carnaval em Salvador estarem sendo monitorados em tempo real por profissionais do Centro de Operações e Inteligência que funciona 24 horas. Além disso, alguns policias civis se infiltram no meio dos foliões para coagir brigas. São empregados mais de 25 mil profissionais de segurança na festa, 250 câmeras de monitoramento e instalados 46 portais de segurança, um investimento de R$ 43 milhões. Fonte: Tribuna da Bahia
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp