04/06/2019 às 17h14min - Atualizada em 04/06/2019 às 17h14min

Hábitos diários para prevenção do câncer de pele

Saiba como se prevenir dessa patologia que atinge milhões de pessoas todos os anos



O câncer, também conhecido como neoplasia, é uma patologia que afeta milhões de pessoas ao redor do mundo todos os anos. Suas causas são multifatoriais, ou seja, vários fatores contribuem para o seu surgimento, como hábitos de vida e fatores genéticos.

Ela é uma doença que possui altos índices de mortalidade e morbidade, por isso o seu tratamento é importante e deve ser realizado de forma rápida.

Devido à gravidade dessa patologia é de extrema importância realizar a sua predição, principalmente nos casos em que o indivíduo já possui uma predisposição em apresentá-la. A prevenção é responsável por auxiliar no declínio da morbidade e mortalidade, o que é extremamente positivo.

Felizmente existem algumas orientações que, se seguidas, ajudam a prevenir alguns tipos de câncer, como no caso do câncer de pele. Ficou curioso em saber quais são os hábitos diários para prevenir o câncer de pele? Leia este artigo que preparamos para você e tire todas as suas dúvidas.
 
O que é o câncer?
 
O câncer é uma doença local ou sistêmica que pode afetar qualquer parte do nosso organismo. Ela é causada pela multiplicação desenfreada de células que sofreram alterações, ou seja, células cancerosas. Dentre as neoplasias existentes uma das mais comuns é o cutâneo, também chamando de câncer de pele.
 
Remoção do tumor
 
O câncer de pele pode atingir diversas profundidades e tamanhos, dependendo do tipo de câncer, se é mais ou menos agressivo. Em alguns casos pode ser necessário fazer
procedimentos cirúrgicos com um cirurgião plástico para remover o tumor e reconstruir a área afetada.
Em alguns casos o tumor é removido e a área é reconstruída com um fechamento simples de pontos. Em casos mais graves é necessário que sejam feitos retalhos, quando é utilizado tecido vizinho para fechar o local em que foi retirado o tumor.
 
Quais os tipos de câncer de pele?
 
O câncer de pele é um dos tipos de neoplasia existente e pode ser dividida em vários tipos:
 
  • Carcinoma basocelular: É o tipo de câncer de pele mais comum e, felizmente, é o menos agressivo. Ele é formado por uma multiplicação das células basais da pele, o que forma o tumor. Ele tem um crescimento lento e dificilmente leva a condição de metástase, isto é, quando a neoplasia se espalha para outras regiões. Esse tipo aparece em regiões que mais tem contato com o Sol, como na face. O tumor pode ser retirado e a chance de cura é grande. 
  • Carcinoma espinocelular: Esse é o segundo tipo mais comum de câncer de pele, sendo mais agressivo, o que pode levar a metástase. Ela ocorre em regiões em que o contato com os raios solares é maior, como na face e no couro cabeludo. Ela ocorre devido ao crescimento descontrolado das células epiteliais da pele. 
  • Melanoma: É o tipo menos comum de câncer de pele, entretanto é o mais grave. Ele pode se espalhar para diversas regiões do organismo e causar uma grande incidência de óbitos. É importante que o tratamento desse tipo de câncer seja realizado da maneira mais rápida possível, isso vai auxiliar o tratamento e aumentar as chances de sucesso.
 
Como prevenir o câncer de pele?
 
Essa doença pode afetar qualquer pessoa, com alguns indivíduos tendo mais pré-disposição que outras em apresentá-la. Os fatores são diversos e envolvem o estilo de vida e fatores genéticos. Alguns hábitos no nosso estilo de vida podem influenciar o seu aparecimento, por isso é importante seguir algumas recomendações para diminuir a chance do seu aparecimento.
 
  • Exposição solar: Pessoas que tenham um contato muito grande e prolongado com os raios solares tem maior chance de apresentar este tipo de câncer. A exposição ao Sol desprotegida agride a pele e causa alterações nas células que podem levar ao câncer.
Por isso é importante diminuir a exposição aos raios UV, além disso, é importante sempre utilizar protetor solar acima do fator 30. O ideal é aplicar o protetor a cada 3 horas, mesmo os que sejam a prova da água.
A utilização de roupas que diminuam o contato com o Sol também é importante. Esses cuidados podem diminuir as chances de apresentar um câncer de pele.
 
  • Bronzeamento artificial: Assim como os raios solares, o bronzeamento artificial também pode agredir a nossa pele, por isso é necessário cuidado ao fazer uso deste procedimento. A chance de apresentar câncer de pele aumenta principalmente em pessoas que fazem essa técnica por diversas vezes e possuem menos de 30 anos de idade. No Brasil está proibida a sua utilização desde o ano de 2009.
 
  • Imunidade: Um sistema imunológico fraco aumenta o risco de apresentar diversas doenças e também é o caso do câncer. Por isso é importante sempre manter a imunidade em boas condições. Algumas frutas cítricas, vegetais, alimentos ricos em zinco, tomate e gengibre são comidas que podem melhorar o sistema imunológico, por isso é importante manter esses alimentos na dieta.
 
  • Pintas: É importante estar sempre cuidando da pele e prestar atenção se houve alguma alteração. O aparecimento de pintas deve ser bem observado e é importante consultar um médico especialista assim que perceber alguma alteração.
 
  • Crianças: No caso de crianças é preciso tomar mais cuidado, pois a sua pele é mais sensível do que de um adulto. É importante utilizar roupas que diminuam o contato com a luz solar. Como as crianças possuem mais tempo livre do que os adultos, é natural que a sua exposição ao Sol seja maior. É importante utilizar protetor solar acima do fator 30. O protetor deve ser passado no mínimo 30 minutos antes da exposição. Após a aplicação é importante que o protetor solar seja passado novamente a cada 30 minutos.
 
Gostou dessas dicas para prevenir o câncer de pele? Diga nos comentários o que achou! Para não perder mais nenhum artigo como este não deixe de acompanhar o nosso site!


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp