03/10/2019 às 09h11min - Atualizada em 03/10/2019 às 09h11min

Poda irregular de árvores revolta moradores de Serrolândia na Bahia.

Moradora faz postagem indignada e diz: FLAMBOYANT PEDE SOCORRO EM SERROLÂNDIA

A cidadã Edite Almeida, amante da natureza e da conservação da biodiversidade, não se conteve após ver a atrocidade que o Poder Executivo de Serrolândia fez em uma árvore da espécie Flamboyant. Na verdade o que houve não foi uma simples poda, e sim, uma mutilação de uma árvore tão bonita.

Veja abaixo o texto que Edite Almeida postou em sua rede social e que teve o apoio e compartilhamento de muitos outros cidadãos indignados:

Esta é uma árvore denominada FLAMBOYANT que serve tanto para arborizar o meio ambiente, produzir oxigênio para auxiliar em nossa respiração como para embelezar o espaço com suas flores vermelhas que encanta aqueles que são amantes da natureza.

Mas nem todas tem a oportunidade de desabrochar para tornar a primavera mais alegre.

E esta planta há muitos anos não tem tido a oportunidade de fazer da Rua da Saudade no Bairro Sol Nascente em Serrolândia, um espaço FLORIDO e harmonioso para aqueles que diariamente passam por ali e que um dia contemplaram a sua beleza.

Esta é a real situação de uma planta que clama pela oportunidade de mostrar a importância que poderia ter para em nossas vidas. 
Concluiu Edite.


Resultado de imagem para flamboyant
Como seria a ávore se tivesse a oportunidade.

Esse não é a única árvore que sofre com a formatação de poda pela Prefeitura, muitas outras árvores, nos quatro cantos de Serrolândia sofrem esse mesmo ataque. A Prefeitura tem feito o serviço de forma drástica, deixando os galhos praticamente “pelados”. Esse tipo de poda, chamada de poda drástica, quando retira toda a copa da árvore, é considerada crime ambiental”.

A prática da poda drástica infringe o artigo 49 da Lei Federal n° 9605/98 (Lei dos Crimes Ambientais): “Destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia.”a Pena é de três meses a um ano, ou multa. Se for aplicada a multa, esta será de R$ 100,00 a R$ 1.000,00 por árvore, conforme previsto no artigo 56 do Decreto Federal nº 6.514/2008.

VEJA TAMBÉM: Poda Drática - não cometa esse crime

Portal Serrolândia

Curta a página do Site Portal Serrolândia e mantenha-se atualizado diariamente, clique e participe.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »