22/10/2018 às 08h17min - Atualizada em 22/10/2018 às 08h17min

Pai vai limpar arma perto de criança de 10 anos e ela morre com tiro acidental no pescoço, diz polícia

Homem é considerado foragido, segundo delegado de MS. Testemunhas disseram que ele pretendia vender espingarda de calibre 36. Objeto foi periciado e apreendido.

Por Graziela Rezende, G1 MS
Local onde houve disparo acidental e matou criança de 10 anos em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação


 

Uma criança de 10 anos morreu após ser atingida por uma arma de fogo no pescoço e ombro, de acordo com a polícia. Testemunhas afirmaram que o tiro foi disparado pelo pai dele, de maneira acidental. Na ocasião, o homem estaria limpando a arma e pretendia vendê-la. O caso foi registrado nessa quinta-feira (18), em Sidrolândia, a 64 km de Campo Grande.

"A perícia esteve no local e apontou que o tiro foi acidental. A mãe está em luto neste momento e ainda não prestou depoimento. O pai, logo após os fatos, não foi mais encontrado e é considerado foragido. Nós precisamos falar com ele e estamos realizando buscas. As outras testemunhas que estavam na casa não souberam informar nada sobre a arma", afirmou ao G1 o delegado Diego Dantas, titular da delegacia do município.

Entenda o caso

A vítima estava em um assentamento, na zona rural da cidade, quando foi atingida por volta das 14h (de MS). A Polícia Militar (PM) foi acionada, mas, não encontrou o pai no local. A arma, uma espingarda de calibre 36, foi apreendida. O corpo do menino permanece no Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) de Campo Grande.

O caso foi registrado como porte ilegal de arma de fogo e homicídio culposo .

 
IMOL de Campo Grande MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena

IMOL de Campo Grande MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena

IMOL de Campo Grande MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp